sábado, 19 de março de 2011

Regra ou Excepção

É com muita pena que Portugal vai entrar de novo em eleições.
As  notícias que vão correndo tudo o indica. Não se sabe para quando.

Elas a aconteceram não se sabe se elas são a regra ou a excepção.
O blog chama a atenção dos seus leitores para o acontecimento.
Já se sabia que elas iam acontecer. Não havia maioria.

O acto eleitoral que se aproxima será ele lei ou a excepção da própria regra?

Quando nós cidadões de país fomos votar para o presidente da republica já sabemos que quem se candidata a segundo mandato é sempre eleito.

É a regra. Até ao presente ela continua de pé.

Para o Governo deste país não se sabe se ela continua de pé. Ao fim de tantos anos o blog só se lembra de uma vez que o Governo caiu na Assembleia da Republica.Podia lhe ter perdido o conto. julga ter a certeza que não.

No tempo em que Aníbal Cavaco Silva foi Chefe de Governo, o blog se lembra que foi derrubado no segundo mandato pelo PRD, ou seja Pelo Partido Renovador Democrático. Pensa o blog que o seu Chefe era um Senhor Hermínio Martinho.

Meus leitores o blog Zeus está vos avivando a vossa memória. O partido do PSD naquela altura foi derrubado e depois se foi para eleições.O Zeus está dizendo que partido sem maioria foi derrubado. Foram eleições e depois vem o PSD a ganhar uma segunda maioria.

Nestes tempos que agora vão correndo tudo indica que vamos outra vez para eleições. É esta a nossa sina de viver num país encalhado.

Nas eleições que se aproximam- se o seu resultado for a vitória do Sócrates?
No caso do presidente da República sabemos que quem faz um mandado fára sempre o segundo. No caso de eleições para o governo a lei não será ela ela a mesma?

Ainda não aconteceu.
Eleições a acontecerem, se o Sócrates vier a ganhar ele apenas está seguindo a regra para as eleições para presidente, se ganhar,  será um balde de água fria para todos...

Falta também saber, a haver eleições, se  muitos presidentes de Câmara, não seguirão a vida de deputados...