sexta-feira, 19 de agosto de 2011

NÃO LIGA O GAVIÃO

Mas ela aproxima-se. Mas ela se está chegando. A grandiosa Festa da campina. Lá no cimo do planalto onde o mundo é plano. A religiosa e a pagã.

Já não é bem Setembro.
Que já não é Setembro. O vivo. O da alma deste povo.
Ela já não é primeira.

Mata lá o Sol com a peneira. O inglês já lá a não está vendo.

Dá-lhe a migalha. 
Sim! Lha dá... Lhe dá uma migalha. Pró pardalinho ou prá pardala... Mas onde está? Onde está ela?  Estas festas da Comenda.

Que diz que apoia a cultura. Do povo e para o povo. Mas ainda não é este ano que a Câmara Municipal de Gavião vai assumir as despesas com publicidade - ao menos - com (spots de rádio e cartazes) em Festa em Honra da Nossa Senhora das Necessidades, nas terra da Comenda ou do Castelo Cernado. Ao menos que não lhe deia umas estrelas a brilhar até de madrugada. Mas lhe podia dar a defesa de um turismo religoso...

Chiça! É mesmo um abandono total com a cultura castelense na campina. E estas terras a irem para a sepultura ou pró caralho - se não o já foram...


Jordano`s